Sempre o mesmo céu

Posso estar em qualquer lugar, eu sei que teremos algo em comum. Pode haver a distância, mas teremos algo nos ligando. Podemos nem estar pensando em nada disso, mas, com certeza, temos isso.
O céu está sempre acima de nossas cabeças. O céu não muda. Ele fica escuro e estrelado a noite; ele é azul claro de dia. Também pode ter variações em tons alaranjados e até tons roxos. Talvez possa estar triste e cinza, como nos dias nublados. Mas ele não muda.
Quem sabe não seria legal se fosse tudo como o céu? Sem mudar. Só ter algumas variações. Quantos arrependimentos seriam evitados. Quantas brigas seriam evitadas. Se tudo fosse sempre o mesmo.
Pensando bem, talvez isso fosse um pouco chato, precisamos de algumas mudanças. Talvez o céu possa estar certo em ser o mesmo, para nos ensinar que nós mudamos muito.
Tendo isso em mente, dá pra pensar: o céu é sempre o mesmo. A Lua é sempre a mesma. O Sol é sempre o mesmo. Dá pra imaginar quantas conexões nós temos e nem imaginamos?
Pode ser meio ignorado, mas é bom olhar para o céu às vezes. Também se pode imaginar quantas pessoas estão olhando para ele e enxergando o mesmo que você naquele momento.
Sem falar dos astros. Quantas pessoas não estão sendo iluminadas pela luz da Lua ao mesmo tempo?
Aquela pessoa que está distante: não, ela não está. Nunca estamos sozinhos, nunca estamos distantes. Estamos todos sob o mesmo céu.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s